Estágio de Viet-Vo-Dao em Espinho





A Associação Portuguesa de Artes Marciais (APAM) organizou no passado nos passados dias 13 e 14 de Março um estágio técnico de Viet-Vo-Dao (a arte marcial Vietnamita).

O fim-de-semana técnico, que decorreu nas instalações da APAM em Espinho, foi dirigido a todos os praticantes, de todas as idades e de todas as graduações.

O Sábado de manhã esteve reservado às classes infantis. Os mais pequenos tiveram a oportunidade de aperfeiçoar e/ou aprender novos Quyens (sequencias predefinidas de movimentos que devem ser executados de forma a simular um combate com um adversário imaginário) do programa técnico nacional. No final da manhã, os pequenos Vo-Sinhs (praticantes de Viet-Vo-Dao) sujeitaram-se a um exame com o objectivo de subir de graduação, onde testaram os seus conhecimentos técnicos e filosóficos nesta arte marcial

A tarde de Sábado foi dedicada aos praticantes mais velhos. Jovens e adultos entregaram-se ao estudo e correcção de um Quyen do programa internacional, desconhecido para a maior parte dos Vo-Sinhs. No final da tarde, grande parte dos participantes do estágio submeteram-se aos exames nacionais de Viet-Vo-Dao.

A manhã de Domingo foi preenchida com os exames das graduações mais elevadas.

O estágio foi orientado pelo Mestre Carlos Santos (5ºDang e director técnico nacional de Viet-Vo-Dao) e pelo Mestre Carlos Tavares (4ºDang e vice-director técnico nacional de Viet-Vo Dao).

No final dos dois dias era clara a satisfação de todos os interveniente no evento, desde a direcção técnica do Viet-Vo-Dao Portugal e até aos diversos praticantes que se entregaram de forma abnegada ao estudo desta arte marcial vietnamita